01 02 03 Vanessa Sofia: Calorias negativas 04 05 15 16 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 31 32 33

Calorias negativas

34
Boa tarde meninas, li este artigo sobre calorias negativos numa revista e decidi partilhar com vocês pois é bastante interessante para quem deseja diminuir o peso.

"Nem todo alimento é inimigo da dieta e merece atenção redobrada na hora do consumo. Além de nutritivos, alguns legumes, verduras e frutas são aliados da balança e têm calorias negativas. Isso porque, eles possuem menos energia do que gastam durante a digestão. “É uma fração calórica destinada à própria digestão e metabolização, o que também é chamado de efeito térmico”, explica a nutróloga Liliane Oppermann.
O gasto calórico durante esse processo varia de uma pessoa para outra. De acordo com a nutricionista Daniela Campi, o número pode oscilar dependendo do metabolismo, enzimas e claro, do que colocamos no nosso prato. Mas no geral, alimentos com alto teor de fibras gastam mais energia durante a digestão.
“Frutas fibrosas como manga, papaia, damasco e morango têm um gasto maior de efeito térmico do que frutas como abacate, banana e caqui, que são mais suculentas. Até o estado de maturação de fruta influencia. Uma banana mais verde tem mais efeito térmico que a madura”, justifica Liliane. Além disso, o modo de preparo dos legumes também é fundamental. Alimentos crus gastam mais energia na digestão que os cozidos.
Sem dúvida, uma alimentação adequada deve ser equilibrada e conter todos os grupos de nutrientes, mas incluir frutas como melancia e maçã na dieta é uma ótima maneira de saciar a fome, acelerar o metabolismo e queimar calorias sem nenhum esforço. A seguir, confira 30 opções de alimentos que não oferecem preocupação com a tabela calórica e veja seus benefícios.
 
Abacaxi: rico em cálcio, potássio e vitaminas A, B e C, o abacaxi contém bromelaína, uma enzima que ajuda na digestão e pode dissolver coágulos no sangue. Por isso, além de auxiliar na dieta, a fruta ajuda a controlar a pressão arterial.
 
Abobrinha: composta de água (cerca de 90%), a abobrinha é diurética e rica em vitaminas A e C.
 
Agrião: rico em ferro, iodo, vitamina C e betacaroteno - um antioxidante que retarda o envelhecimento -, o agrião auxilia no sistema respiratório.
 
Alface: alimento ingerido como carro chefe nas dietas de emagrecimento, o alface é rico em potássio, cálcio, ferro e vitaminas A, B3 e C. Tem poder antioxidante e age como calmante para quem sofre de insônia.
 
Alho: alimento que ajuda a combater vírus, infecções e inflamações, além de auxiliar em problemas respiratórios, como asma e bronquite. É fonte de potássio, cálcio e magnésio.
 
Ameixa: tem propriedades antioxidantes, retarda o envelhecimento, estimula a digestão e combate a gripe. É rica em potássio, magnésio, cálcio, fibras, betacaroteno e vitaminas C e E.
 
Aspargo: rico em fibras, potássio e vitaminas B e C. Aumenta o sistema imunológico, tem poder antioxidante e anticancerígeno.
 
Berinjela: fonte de cálcio, fósforo, postássio, magnésio e vitaminas A, C e do complexo B, a berinjela é um agente redutor de colesterol no sangue.
 
Beterraba: alimento cheio de nutrientes, como proteínas, fibras, vitaminas A, B e C, ferro, potássio e zinco. Ajuda a combater anemia.
 
Brócolis: fonte de vitamina A e de sais minerais como cálcio, ferro e fibras. Brócolis tem poder antioxidante e anticancerígeno.
 
Cebola: fonte de vitamina C, potássio, cálcio, ferro e fósforo. Ajuda a prevenir gripe e auxilia em problemas estomacais e intestinais.
 
Cenoura: alimento rico em betacaroteno, fibras, cálcio, zinco e vitaminas A, C e E. Além de auxiliar a digestão, melhora a produção de sangue e, para as grávidas, aumenta a produção de leite.
 
Couve-flor: alimento rico em cálcio, fósforo, e vitaminas A, B9 e C.
 
Couve: rico em fibras, o alimento é indicado para enfermidades do estômago e auxilia a digestão. A couve é fonte de vitamina C, ferro, cálcio e betacaroteno.
 
Damasco: além de saboroso, o damasco pode prevenir problemas no fígado e alguns tipos de câncer. É rico em ferro, potássio, fósforo e vitamina A, B1, B2, B3 e C.
 
Framboesa: rica em antioxidantes que retardam o envelhecimento, esse fruto também auxilia na digestão e no tratamento de inflamações na garganta e gengiva. É fonte de cálcio, potássio, magnésio, ferro e vitaminas A, B1, B5 e C.
 
Laranja: fonte de vitamina C e caroteno, esse fruto ajuda a combater gripes e resfriados e pode prevenir alguns tipos de câncer.
 
Limão: tem propriedades para tratar resfriados e gripes e melhorar a circulação do sangue. É rico em cálcio, potássio e vitamina C.
 
Maçã: esse fruto tem inúmeros benefícios. É rico é cálcio, magnésio, potássio, cobre, zinco, vitaminas B, C e E e contem peticina  uma fibra que a ajuda a controlar o nível de colesterol no sangue. A maçã ajuda na digestão, ajuda no tratamento de resfriados, tem poder antioxidante e evita a proliferação de células cancerígenas.
 
Mamão: contém uma substância chamada papaína, que melhora a digestão e a prisão de ventre. É fonte de ferro, cálcio e vitaminas A, B e C.
 
Manga: tem propriedades que previnem as doenças do estômago, evitam problemas cardíacos e fortalecem o sistema imunológico. É rica em vitaminas B e C em sais minerais como cálcio, fósforo, potássio, ferro e fibras.
 
Melancia: fruto que apresenta muita água em sua composição e tem o poder diurético. É rica em fibras, ferro, cálcio e vitamina A, B e C. A melancia também possui uma glutationa, substância que é um potente antioxidante e retarda o envelhecimento.
 
Melão: tem poder diurético, hidratante, ajuda na menopausa e nas dietas de emagrecimento. É rico em cálcio, betacaroteno, potássio e vitaminas A, B, C.
 
Mexerica: fonte de vitaminas A, B e C e de sais minerais como cálcio, potássio, sódio, fósforo e ferro. O fruto ajuda a combater infecções e aumenta a resistência do organismo.
 
Morango: fruto com propriedades antioxidantes, que retarda o envelhecimento, além de reduzir o colesterol, combater anemias e doenças da pele. É fonte de ferro, fibras e vitaminas B5 e C.
 
Pepino: rico em ferro, potássio e betacaroteno - um antioxidante que retarda o envelhecimento -, o pepino tem efeito diurético .
 
Pimenta: tem propriedades analgésicas, anti-inflamatórias, diminui risco de doenças cardiovasculares, reduz o colesterol e pode ajudar no tratamento da enxaqueca. É antioxidante e rica em vitamina C.
 
Pimentão vermelho: rico em potássio, sódio, cálcio, fósforo, ferro e vitaminas A, C e do complexo B. É um alimento antioxidante, que pode prevenir doenças cardíacas, além de ser fonte de fibras.
 
Rabanete: sem dúvida, o rabanete é um aliado da saúde. Fonte de cálcio, ferro, potássio e vitaminas B1, B2 e C, ele ajuda no processo digestivo, previne o organismo contra infecções e purifica o sangue, rins e bexiga."
 
 
Como vegetariana todos estes alimentos fazem parte da minha dieta e vocês comem algumas destas coisas com regularidade?? Contem-me tudo.

Beijinhos
V
35 36 37 38